top of page
  • Strakt

Quanto tempo a piscina pode ficar vazia?

Quanto Tempo a Piscina Pode Ficar Vazia

Quanto Tempo a Piscina Pode Ficar Vazia?


Quando se trata de esvaziar uma piscina, é natural surgirem dúvidas sobre quanto tempo ela pode permanecer sem água sem causar danos à sua estrutura ou aos equipamentos associados.


Embora não haja um prazo exato que se aplique a todas as situações, há vários fatores a serem considerados ao determinar quanto tempo a piscina pode ficar vazia com segurança.


Com a chegada do inverno, muitas piscinas são deixadas de lado, levando alguns a considerar o esvaziamento delas até que os dias mais quentes retornem. No entanto, é essencial ter cautela!


É fundamental fazer algumas considerações antes de esvaziar a piscina para evitar danos à estrutura e garantir que o próximo verão seja desfrutado plenamente.


Piscinas revestidas com azulejos não devem ficar sem água por longos períodos, pois podem surgir trincas. Da mesma forma, as piscinas de fibra podem desenvolver fissuras e bolhas se esvaziadas por um tempo prolongado.


Quanto Tempo a Piscina Pode Ficar Vazia

Além dos danos mencionados, o esvaziamento da piscina também pode ser prejudicial ao meio ambiente, pois resulta no desperdício de grandes volumes de água.


Se o esvaziamento for inevitável, como nos casos em que é necessário substituir o revestimento ou fazer pinturas, é crucial monitorar o tempo que a piscina ficará exposta ao sol e às intempéries. Piscinas revestidas com azulejos podem ficar sem água por no máximo 12 dias, as de vinil por até 15 dias, e as de fibra não devem passar de 20 dias sem água.


Mesmo para tarefas de limpeza, não é necessário esvaziar completamente a piscina, colocando-a em risco de danos. Atualmente, existem diversas técnicas e tratamentos que permitem manter a água cristalina e pronta para um mergulho refrescante sem a necessidade de esvaziamento.


A purificação pode ser realizada utilizando produtos químicos e aspiração, enquanto cobrir a piscina com uma capa protetora ajuda a manter a limpeza por mais tempo.


Conclusão:

Em geral, é recomendável evitar deixar uma piscina vazia por um período prolongado, se possível. No entanto, se for inevitável esvaziar a piscina temporariamente, é importante considerar os fatores mencionados acima e tomar as precauções adequadas para proteger a estrutura e os equipamentos da piscina.


Ao fazer isso, você pode garantir que sua piscina permaneça em bom estado e pronta para uso quando for reabastecida com água.


BANNER STRAKT


Comments


bottom of page